Constelação Familiar Sistêmica

Constelação Familiar, também conhecida como Constelação Sistêmica, é uma filosofia de vida, desenvolvida por Bert Hellinger depois de muito estudar e observar principalmente os campos mórficos. É usada como método terapêutico para estudar padrões de comportamento de sistemas familiares através de gerações.

As Constelações Familiares mostram que muitos dos nossos problemas, de nossos sentimentos, de nossas atitudes, de nossas crenças, de nossas doenças, de nossos comportamentos e até de nossos julgamentos podem estar conectados à outros membros do nosso sistema familiar, inclusive antepassados até mesmo aqueles que nem chegamos a conhecer.

Muitos padrões de comportamento são repetidos através gerações, mesmo que de maneira inconsciente, pois segundo Bert Hellinger, nós possuímos intrinsicamente uma “consciência de clã” que nos faz agir em lealdade à esse sistema através de nossas memórias transgeracionais.

Podemos estar conectados aos destinos difíceis de outros membros de nosso sistema por conta desse vínculo, repetindo-os.

Bert Hellinger observou que quando 3 leis naturais básicas não são observadas e respeitadas, surgem os emaranhamentos dentro do sistema. Bert se refere à essas leis naturais como Ordens do Amor. Os princípios básicos dessas leis são: a necessidade de PERTENCER ao clã; a necessidade de haver HIERARQUIA entre os membros do clã; a necessidade de haver EQUILÍBRIO ENTRE DAR E RECEBER nos relacionamentos.

Ordens do Amor

LEI DO PERTENCIMENTO – Todos os integrantes de um sistema familiar têm direito de pertencimento garantido à esse sistema. A lei é a de que uma vez pertencente, não pode ser excluído. Quando há exclusão de algum membro, o sistema identifica isso como uma tentativa de retirar o pertencimento deste membro, o que resulta em dificuldades e emaranhados para forçar que o pertencimento de todos seja restaurado.

LEI DA HIERARQUIA ou LEI DA ORDEM – Cada membro do sistema tem seu lugar na ordem garantido. Quem vem antes tem sempre precedência a quem vem depois. Essa ordem deve ser respeitada para que haja um bom funcionamento do sistema. Quando essa ordem é desrespeitada, o sistema se enfraquece. Essa tensão ocasionada pela desordem é a ferramenta que o próprio sistema utiliza para que a ordem possa ser reestabelecida, garantindo a todos do sistema o seu lugar de direito.

LEI DO EQUILÍBRIO – O equilíbrio é a força que resulta dos movimentos de troca entre integrantes iguais de um sistema. É importante para a sobrevivência de um sistema entre iguais que as trocas sejam feitas dentro do equilíbrio de dar e receber. Aqui, iguais significa que os que entraram no sistema ao mesmo tempo, como por exemplo numa relação de casal, onde não há precedência de um ao outro. Quando existe um desequilíbrio nessa troca, ocorre uma disfunção no sistema.

“Na maioria das vezes, você não precisa de um novo caminho, você precisa de uma nova forma de caminhar”

Bert Hellinger

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: