As Ordens do Amor

Segundo Bert Hellinger, existem 3 ordens básicas da vida que são as forças necessárias para que possamos viver em equilíbrio, harmonia, plenitude, felicidade. Essas ordens foram chamadas por ele de Ordens do Amor ou Leis do Amor.

As Ordens do Amor são:

1. Ordem do Pertencimento: Todos que pertencem à nossa família têm o mesmo direito de pertencer. Quando um membro da família é privado ou excluído deste pertencimento, surge uma desordem no sistema com consequências. Exemplos de exclusão: quando uma criança é abortada: quando uma criança é colocada para adoção; quando uma criança de outra relação é escondida; quando um membro da família é excluído no sentido de não ser aceito, colocado de lado, evitado; crianças que morreram precocemente e são esquecidas.
Além dos parentes sanguíneos, também há por vezes outras pessoas consideradas como pertencentes ao sistema para que os emaranhados possam ser solucionados, como perpetradores, e vítimas.
Quando há uma exclusão de um membro do sistema, inconscientemente é criado uma movimento para que o membro excluído, ou esquecido, possa ser incluído, tendo de volta seu lugar devido. Até que esse membro seja incluído, ele pode ser representado por outro membro do sistema. Esse membro excluído passa a se manifestar para o sistema familiar através de um outro membro de gerações posteriores, que também se sente excluído e passa a assumir os sentimentos e sintomas do membro que fora excluído, chegando até a assumir o seu destino.
Esse emaranhamento dentro do sistema é visto de maneira impessoal, ou seja, como se fosse escolhido por uma força maior para que a ordem de inclusão seja restaurada.
Muitos problemas no sistema familiar decorrem da violação desta ordem.

2. Ordem da Hierarquia: Esse princípio tem a ver com a ordem da precedência e exige que todos ocupem o seu devido lugar na família, lugar esse exclusivo de cada um.
Esta ordem é uma ordem hierárquica e significa que quem veio antes tem sempre precedência aos demais. Os que vieram primeiro têm uma ordem mais elevada, e por sua vez, quem veio depois tem uma posição mais baixa.
A ordem da hierarquia é determinada pelo momento do pertencimento. Aqueles que antes eram membros da família têm precedência sobre aqueles que vieram depois deles. Assim, os pais vêm antes dos filhos, o primogênito vem antes do segundo, e assim por diante. Se um membro recém-chegado se coloca acima de um membro que já pertencia ao sistema, ele está violando a ordem de precedência.
Todos na família têm o seu devido lugar. Ninguém tem o direito de disputar o lugar que é do outro.
Essa ordem determina o sucesso ou o fracasso dos membros. É uma ordem natural, que quando violada causa consequências para si mesmo e para os outros do sistema.

3. Ordem do Equilíbrio (Dar e Tomar): O equilíbrio entre dar e receber é determinado pela nossa consciência. Esse equilíbrio está ao serviço da troca nas nossas relações.
Quando tiramos algo de alguém ou recebemos algo de alguém, nos sentimos obrigados a dar-lhes algo em troca, algo de igual valor, ou seja, nos sentimos devedores até darmos em troca. Quando damos em troca, passamos a nos sentir livres pois a consciência não traz paz enquanto o equilíbrio não tiver sido reestabelecido.

“O amor preenche o que a ordem abarca. O amor é a água, a ordem é o jarro. A ordem ajunta, o amor flui. Ordem e Amor atuam juntos”.

Bert Hellinger

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: